sábado, 22 de maio de 2010

20 coisas que somente o Linux faz

Muitas pessoas gostam de criticar o Linux sem conhecimento de causa. Em qualquer roda de conversa sobre informática onde o assunto é sistema operacional, a frase que muitos iniciantes soltam de forma automática é esta: "o linux é ruim...".

Partindo-se do pressuposto de que se alguma coisa é ruim, evidentemente supõe-se existir algo melhor em comparação, então, a pergunta que fica é: o que é que está sendo comparado nesse caso? Ou quais seriam os fundamentos para se poder afirmar que o Linux é ruim?


Por que usar o Linux?

Com certeza você já deve ter ouvido falar no Linux. Com mais certeza ainda, aposto que você já ouviu falar que Linux é muito complicado, difícil, feioso, limitado e outras frases desse tipo.

Já faz tempo que os computadores deixaram de ser uma ferramenta confinada apenas ao universo corporativo. No mundo atual os computadores disputam com geladeiras, fogões e televisores a lista de utilidades indispensáveis numa casa. Vivemos num mundo dominado por essas máquinas fantásticas. Os computadores estão por todos os lados para onde quer que você olhe há um computador ou pelo menos um chip.

Geralmente o termo mais comum ao ouvir falar sobre computadores é "Microsoft" e "Windows". Não é por menos. A Microsoft, empresa norte-americana que produz o famoso sistema operacional Windows domina cerca de 90% de todos os micros do planeta. Por possuir uma fatia tão grande no mercado, poderíamos perguntar o seguinte: esse fato não seria uma prova de que o sistema Windows é o melhor sistema operacional que existe? A resposta é não. Não necessariamente.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Brasão de armas do estado de São Paulo, em vetor



O brasão de armas do estado de São Paulo, executado pelo escultor Luiz Morrone, foi instalado no Salão dos Despachos do Palácio dos Bandeirantes em 12 de março de 1987. Fundido em bronze e esmaltado a fogo, pesa 150 kg. Foi descerrado no dia 16 de março de 1987, durante a primeira entrevista do governador Orestes Quércia, no Palácio dos Bandeirantes. O brasão de armas do estado de São Paulo foi instituído por ocasião da Revolução Constitucionalista de 1932, pelo Decreto nº 5.656, assinado pelo Governador Pedro de Toledo, em agosto do mesmo ano.

Sua criação é do pintor Wasth Rodrigues, como símbolo da “Campanha do Ouro para o Bem do Brasil”. Utilizado até o Estado Novo, em 1937, quando então foi substituído por outros símbolos nacionais. Somente com a redemocratização do país e a nova Constituição de 1946 o brasão de armas reconquistou sua função simbólica.

O Decreto-lei nº 16.349, de 27 de novembro de 1946, que dispõe sobre a restauração dos símbolos estaduais, no seu artigo 1º descreve a ordenação do brasão.

A Lei nº 145, de 3 de setembro de 1948 que institui a bandeira e o brasão do estado de São Paulo - descreve o brasão, sua feitura, seu uso em papéis oficiais das repartições públicas.

O decreto estadual 11.074, de 05 de janeiro de 1978 aprova normas do Cerimonial Público do Estado de São Paulo, em que regulamenta o uso do brasão do estado.

Para baixar o arquivo em vetor, prontinho para o Inkscape, é só clicar no link abaixo.

Clique para
Baixar


Atualização

14/03/2014: O brasão anteriormente estampado no blog estava com a composição de seu desenho errada. O brasão correto do estado de São Paulo possui um ramo de louro e outro de carvalho e não dois ramos de louro como vinha sendo exibido incorretamente por este blog. O blog +Valeu Cara pede desculpas pelo erro. Agradeço também ao leitor José Felix que me apontou o equívoco.

Brasão oficial do estado do Pará

Segue o download do arquivo em vetor (Inkscape) do brasão ou escudo de armas do estado do Pará, que foi criado em 9 de novembro de 1903, pela lei estadual de nº 912, que determinou a criação deste símbolo para o estado.

Os seus autores são José Castro Figueiredo (arquiteto) e Henrique Santa Rosa (historiador e geógrafo).

Clique para
Baixar

Crie certificados com belíssimos jogos óticos de guiloches

Certificados, títulos, certidões e diplomas são itens que geralmente não há muito o que fazer. Usados para atestar garantias, conclusões de cursos, títulos de propriedade, certificar ocorrências e uma infinidade de outras coisas, esses documentos geralmente seguem padrões de textos pré-definidos, de acordo com cada caso. O que costuma variar mesmo é a arte que cada instituição usa para dar uma identidade visual própria e atraente aos seus certificados fornecidos.

Enquanto a arte usada para elaborar alguns certificados são bastante simples, outros adotam recursos sofisticados de impressão. Cursos instrutivos e seminários geralmente adotam um modelo mais simplificado, enquanto que instituições de ensino acadêmico e profissionalizante costumam dar aos formandos certificados mais elaborados. Esses documentos usam impressão off-set especial e elementos anti-cópia como aplicação de verniz em áreas isoladas, tinta fosforescente ou metalizada, impressão em relevo e, às vezes, até tarja holográfica e marca d'água.

A necessidade para um certificado usar esses recursos sofisticados de segurança justifica-se pelo fato de que certificações de cursos dessa natureza tendem a ser decisivos para a contratação no mercado de trabalho e exige-se sua apresentação como documentos comprobatórios de qualificação para as vagas de trabalho, seja através de concursos públicos ou pela contratação pessoal em empresas privadas. Possuir um diploma de determinados cursos também pode alavancar a carreira profissional ou até mesmo garantir um adicional no salário. No caso das certidões, trata-se de documentos dotados de fé pública que certificam determinada situação jurídica e constituem-se em prova da legalidade de posse, existência ou originalidade de um acordo, bem, contrato, acerto ou até mesmo da existência de um pessoa, como é o caso das certidões de nascimento. Daí explica-se a necessidade de garantir a autenticidade desses documentos e inviabilizar a tentativa de fraudes.

Se você já encarou a necessidade de criar um certificado ou uma certidão com um mínimo de recursos de segurança e um aspecto profissional, já deve ter percebido que o negócio não é assim tão fácil. A tarefa exige certos conhecimentos de artes gráficas além de uma boa dose de paciência.

Bom, se o problema é a arte, o blog Valeu Cara irá facilitar a sua vida com esses preciosos arquivos. Ao todo são 14 lindíssimos modelos de certificados completamente vetorizados e que formam jogos óticos de guiloches - linhas finíssimas entrelaçadas e dispostas de forma a criar figuras geométricas, rosetas, texturas, efeitos e padrões de tonalidades de cor.

Muito além da beleza visual, essas milhares de linhas entrelaçadas constituem-se num dos recursos de segurança que devem ser empregados na elaboração de uma arte que possua elementos anti-cópia. Isso porque após ser impresso, ao passar por um scanner ou uma foto-copiadora, o resultado da digitalização tende a sofrer um desfoque leve, porém o suficiente para resultar em falhas nas linhas e borrões, o que vem indicar que o documento não é original. A impressão desse tipo de serviço deve ser feito em gráfica especializada. Para impressões de pequenas tiragens o ideal é o uso de impressora laser. Jato de tinta nem pensar. Apesar da tecnologia usada nessas impressoras ter evoluído bastante nos últimos tempos, o sistema de impressão das jatos de tinta não são apropriados para o guiloche. Por outro lado, a impressão laser usa uma tecnologia que proporciona um resultado satisfatório para esse tipo de trabalho. Mas isso é somente para os casos em que a baixa tiragem não justifica a impressão numa gráfica especializada, o que seria ideal.

Pois bem, para baixar os arquivos com os fantásticos modelos de certificados, clique no link abaixo. Todos os arquivos encontram-se em formato do Inkscape.


domingo, 2 de maio de 2010

Precisa da logomarca vetorizada de um partido político? Tá na mão


Tudo bem, sei que política não é uma unanimidade no gosto das pessoas, mas muitas vezes quem lida com layouts de artes gráficas no dia-a-dia, quase sempre esbarra na necessidade de possuir a logomarca vetorizada de determinado partido. Isso ocorre principalmente em época de campanhas eleitorais. E você não vai querer escanear a logo de um pedaço de papel não é?

Pois bem, caso você precise, aqui vai a logo de todos os partidos políticos brasileiros, totalmente vetorizadas em formato SVG (Inkscape). É só abrir o arquivo, escolher qual irá usar e aplicar no folheto do candidato ou até quem sabe no seu próprio folheto, caso você ingresse na carreira política.

sábado, 1 de maio de 2010

Brasão do estado do Rio de Janeiro


Disponibilizo para download o brasão oficial do estado do Rio de Janeiro, que foi instituído pela lei nº 5.588, de 05 de outubro de 1965 para a utilização com as cores oficiais e com uma cor, conforme ficou regulamentado na referida Lei.

O uso do brasão é obrigatório em todos os documentos oficiais do estado. Segue o arquivo em cores e em preto e branco, vetorizado em formado SVG, que pode ser aberto nativamente pelo Inkscape.

Que tal um efeito especial de iluminação em suas fotos?



Efeitos de iluminação quando bem aplicados sempre causam um resultado surpreendente.

O blog Valeu Cara disponibiliza aqui pincéis para o Gimp que certamente poderão dar uma ajudinha naquela foto que você tanto queria que os raios do sol ficassem mais vívidos, reproduzir feixes de luz entrando por uma janela ou mesmo recriar a simulação de luzes do palco de um espetáculo.

Ao todo são 26 pincéis que certamente farão diferença na hora de fazer resplandecer uma luz onde for necessário.