sexta-feira, 29 de abril de 2016

LibreOffice Base: conheça o Obreiro - o banco de dados livre para igrejas



Com o objetivo de facilitar a administração de pequenas igrejas evangélicas, o Blog Valeu Cara lança o Obreiro. Trata-se de um banco de dados que este blog resolveu dar um nome bem conhecido nas igrejas, sendo construído no LibreOffice Base.

O termo "Obreiro" é associado a uma pessoa que trabalha numa "obra", servindo a uma determinada tarefa ou objetivo. Dentro das igrejas, obreiros são pessoas que tem a finalidade de servir ao reino de Deus. Trata-se de pessoas designadas para a tarefa de auxiliar o pastor. Por isto este banco de dados recebeu este apelido, pois também possui a missão de ajudar no trabalho pastoral. O objetivo do banco de dados Obreiro é ajudar a gerenciar os membros de cada igreja e suas congregações pelo computador, com todas as ferramentas e recursos que a suíte do LibreOffice tem a oferecer. Aliás, cá entre nós, recursos é que não faltam no LibreOffice.

Um diferencial entre esta ferramente e softwares similares é que o Obreiro não é um banco de dados rígido, todo engessado, em que a igreja precisaria se adequar a ele. Nada disso! O Obreiro foi planejado especialmente para adequar-se à realidade de qualquer igreja, possuindo uma estrutura de funcionamento muito simples e intuitiva, onde sua fácil navegação se torna bastante facilitada pela organização que o LibreOffice Base oferece.


Feito para pequenas igrejas evangélicas



Toda estrutura do banco de dados foi pensada de maneira a apresentar-se da forma mais neutra ou ecumênica possível, isenta de influências eclesiásticas. Dessa maneira, este banco de dados pode ser imediatamente usado por qualquer igreja do jeito como ele é. Cada registro solicita os dados que são realmente relevantes, sem excessos, tornando a tarefa de realizar todos os cadastros numa experiência rápida, coesa e objetiva, sem se tornar uma atividade extenuante.

Seu sistema cadastral não agregou dogmas denominacionais, linhas teológicas, tendências e nenhuma característica particular da igreja A ou B. Caso alguma igreja sinta falta da abordagem de algum tema ou certos conteúdos nos cadastros, o Obreiro também permanece como uma ferramenta plenamente flexível, podendo ser incrementado por qualquer igreja, de forma a assumir características únicas no gerenciamento de todos dos membros dessa igreja.



Recursos oferecidos

O Obreiro oferece nativamente os seguintes recursos:
  • Cadastro individual de cada congregação, com dados completos, incluindo opção de foto;
  • Cadastro do histórico de cada congregação;
  • Cadastro de patrimônio de cada congregação;
  • Impressão de ficha cadastral do membro com foto;
  • Ficha em branco imprimível, para cadastramento (disponível separadamente, como arquivo do LibreOffice Writer);
  • Cadastro de membros com todos os dados essenciais, incluindo foto;
  • Cadastro de histórico de cada membro;
  • Cadastro de solicitações feitas pelos membros;
  • Cadastro de entradas financeiras de membros;
  • Impressão de carteirinhas de membros e de obreiros com 29 modelos disponíveis; 
  • Impressão de carta de mudança e carta de recomendação;
  • Impressão de atas;
  • Impressão de lista de aniversariantes de cada mês;
  • Impressão de entradas financeiras por período ou por membro;
  • Impressão de relatórios estatísticos;
  • Impressão de etiquetas (integrado ao LibreOffice Writer);
  • Possibilidade de configurar tipos de entradas financeiras, cargos ministeriais, etc;
  • Possibilidade de usar mala direta;
  • Integração total com o LibreOffice Writer - o que expande novas possibilidades de uso e agregação de recursos.
Você ainda poderá acrescentar novos recursos, incrementar os já existentes, ou simplesmente deixá-lo da forma como está.

Vantagens


A internet está repleta de sites que oferecem sistemas para igrejas, vários deles gratuitos e alguns muito bons, diga-se. Mas que vantagem há em usar um banco de dados do LibreOffice Base? Veja abaixo:

Flexibilidade


O que ocorre com a maioria dos sistemas disponíveis para igrejas é que eles são ferramentas boas, muito bem elaboradas, mas "engessadas". Já no Obreiro você pode alterar tudo... tudo mesmo!

O Obreiro nada mais é do que um arquivo do LibreOffice Base - um sistema de gerenciamento de banco de dados muito eficaz. Se você tiver conhecimentos de uso do Base, você tem a liberdade de fazer o que quiser com o Obreiro. É isso mesmo! Você pode adicionar novos campos para armazenar outras informações, pode modificar toda a estrutura dos formulários e relatórios, pode trocar cores e fontes, criar novas tabelas e consultas, criar novos relatórios, criar um visual exclusivo para sua igreja, pode fazer e desfazer, mexer aqui e ali, bagunçar tudo e consertar novamente... enfim, trata-se uma ferramenta totalmente flexível que você pode mexer como quiser!

Pirataria na igreja não!


O Base faz parte da suíte de escritórios do LibreOffice. Trata-se de software livre, o que significa muito mais do que ser gratuito. É um software que você pode usá-lo como quiser, pode estudá-lo livremente, pode redistribuir cópias e pode até modificá-lo.

Portanto, usar software livre na igreja é ter a consciência de agir com coerência e sinceridade aos ensinamentos da Bíblia. Por outro lado usar software pirata é o caminho oposto disso: é crime, previsto na Lei nº 9.609 de 20 de fevereiro de 1998, punível com pena de detenção de 6 meses a 4 anos e multa, além de ser passível de ação cível indenizatória. É muito feio, injustificável, um ambiente que prega a mudança de vida, o zelo pelo que há de moral, o agir "diferente do mundo", a caminhada pelo caminho estreito... e, paralelamente a essa pregação, usar software pirata!

Além do mais, o LibreOffice é uma ferramenta fantástica, capaz de suprir magnificamente toda demanda de qualquer igreja a nível de suíte de escritório. Quer escrever cartas convidando outras igrejas para eventos? No Writer você faz isso até por mala direta. Precisa criar planilhas com o relatório financeiro? No Calc você faz uma tremenda planilha, com gráficos, campos formatados interativamente e tudo que sua imaginação mandar. Pretende criar apresentações para o data show? No Impress é possível arrasar com uma apresentação de saltar os olhos. E tem mais... muito mais!

Se você quiser saber mais detalhes sobre a suíte do LibreOffice, clique aqui.

A César o que é de César...

Vê-se que não há nada que justifique que igrejas fomentem o mercado criminoso da pirataria, onde ninguém dá a César o que é de César e muito menos dá a Deus o que é de Deus, conforme ordenara Jesus no capítulo 22 do Evangelho de Mateus.

Portanto, na área de informática as igrejas possuem duas alternativas para se manterem dentro dos padrões descritos na Bíblia: a primeira opção é comprar todas as licenças de uso de cada software, incluindo o sistema operacional; a segunda alternativa é usar software livre, usufruindo de todos os benefícios que esse tipo de software oferece.


Preparando-se para usar o Obreiro


Após fazer o download no final deste artigo, você terá o arquivo "Obreiro.zip". Se você for usuário do Windows, descompacte o arquivo para "Meus documentos" ou para o disco "C:/"; se você for usuário de alguma distribuição Linux, descompacte para a pasta "Documentos".

Requisitos necessários


Para poder usar o banco de dados Obreiro é necessário o LibreOffice versão 4.0 ou superior. Também é necessário possuir o Java instalado. Para maiores informações sobre a instalação do LibreOffice, é recomendável verificar os requisitos necessários aqui.

Instalação de fontes


Para uma visualização correta de textos em formulários, relatórios e modelos de cartões de membro, também é necessário instalar um conjunto de fontes que estão na pasta "Arquivos", na subpasta "Fontes", dentro do pacote disponibilizado para download.



Para que preciso de um banco de dados?


O melhor lugar para manter informações importantes que você precisa é em algum lugar visível. Uma possibilidade é sobre uma mesa. Você poderia, por exemplo, acumular pilhas e mais pilhas de papéis em pastas. Mas se você resolvesse deixar tudo isso em uma mesa, não demoraria muito para você não encontrar mais a mesa!

Você poderia então reunir toda a papelada dentro de armários com várias gavetas. Mas como fazer para encontrar uma determinada informação que você não sabe quase nada sobre ela? Vamos supor que você precisasse urgentemente do endereço de um membro da igreja, mas esqueceu o nome dele. A única coisa que você sabe é que ele é filho de um sr. chamado Adolfo. Como encontrar o nome e o endereço do membro com tão poucas informações? Se a busca for em fichas guardadas num arquivo, empreender tal pesquisa seria uma tarefa insana de se fazer - sem mencionar o tempo gasto que tal busca exigiria.

É aí que entra o LibreOffice Base. Nele, com poucos cliques seria possível localizar tal informação facilmente, num espaço de tempo que provavelmente não levaria nem 10 segundos. As vantagens são imensas. Você pode usar o Base para armazenar, organizar, localizar e agrupar todo e qualquer tipo de informação, ficando tudo disponível com alguns cliques do mouse. É por essa razão que você precisa de um banco de dados. Ele torna a sua vida muito mais fácil.



O que são dados?


Dados são tudo que você deseja guardar para poder consultar novamente. No LibreOffice Base pode ser texto, números, datas, valores monetários e até imagens.

Por exemplo, se você tem em casa uma pequena empresa de fabricação de bolos e tortas, pode muito bem usar o Base para armazenar os nomes de cada produto, as imagens, os ingredientes, o modo de preparo, o preço e datas de venda.

Para que tais informações fiquem armazenadas é preciso inseri-las no banco de dados. A forma mais fácil e adequada para isso é usando um formulário. Você simplesmente digita os dados no formulário e o LibreOffice Base armazena tudo numa tabela.

Essa tabela é formada por registros. Um registro é o local onde ficam armazenados os itens individuais de informações em comum. A seguir vamos ver como funciona isso no Obreiro.

Conhecendo a estrutura do LibreOffice Base


Localize a pasta do Obreiro e abra o arquivo "obreiro1.odb" que corresponde ao banco de dados do LibreOffice Base.

Os arquivos do Base podem ser facilmente identificados por ícones semelhantes ao que é mostrado acima (o ícone pode variar dependendo do tema usado pelo sistema operacional).



A janela principal do LibreOffice Base mostra um painel lateral com quatro tipos de itens: Tabelas, Consultas, Formulários e Relatórios. Cada item tem um propósito específico. Vejamos:

  • Tabelas: é o banco de dados em si. Trata-se do local onde todos os dados ficam armazenados.
  • Consultas: uma ferramenta extremamente versátil que oferece várias possibilidades de uso. É como o canivete suíço do banco de dados. Um dos recursos mais usados nas consultas é localizar e isolar dados específicos, a partir de critérios fornecidos. Esses dados podem, então, ser montados para exibição num formulário ou relatório. Mas as consultas podem fazer bem mais que isso. Podem combinar dados, realizar cálculos, fornecer novos campos de informações e até interagir com o usuário.
  • Formulários: é a interface de utilização do usuário com os dados. Os formulários tem a capacidade de organizar tanto a entrada de dados como a exibição dos dados já existentes. Tudo de maneira prática, dinâmica e visualmente confortável.
  • Relatórios: é a ferramenta que permite que os dados possam ser organizados, agrupados e ordenados para impressão.


Dentro do banco de dados do Obreiro, ao clicar no item Tabelas, o Base irá mostrar no painel superior todas as tarefas que podem ser realizadas para aquele item e, no painel inferior, todas as tabelas que foram criadas para a armazenagem dos diferentes dados das igrejas. Se clicar no item Formulários, o Base irá mostrar as tarefas possíveis para aquele item e todos os formulários que foram criados para o banco de dados Obreiro e assim por diante.


A imagem acima mostra o item "Formulários" acionado e a lista com todos os formulários disponíveis no banco de dados. Você pode abrir e começar a trabalhar com esses formulários, bem como com qualquer outro objeto do banco de dados.

MAS ATENÇÃO! se você tem pouco ou nenhum conhecimento sobre o LibreOffice Base, é altamente recomendável que você não mexa em nenhuma das tabelas e nem consultas. Se você cometer algum erro dentro desses dois itens, poderá comprometer o funcionamento de todo o banco de dados.


Portanto, essencialmente você só irá lidar com os Formulários e Relatórios.


Inserindo dados


O Obreiro foi construído de maneira que você siga as 3 etapas abaixo:

1ª passo: você deve inserir os dados da igreja.
2º passo: você deve inserir os dados dos membros dessa igreja.
3º passo: você pode inserir informações adicionais de membros e de igrejas.

Não tente cadastrar nenhum membro sem que ao menos uma igreja esteja cadastrada. Cada membro obrigatoriamente precisa ficar vinculado a uma igreja, pois é assim que o Obreiro faz os relacionamentos necessários para que vários relatórios funcionem adequadamente. Esse vínculo é realizado no Cadastro de Membros, mas para isso é necessário que já exista a igreja cadastrada.


1º passo: Cadastrando a igreja


Na janela principal do LibreOffice Base, você vai clicar no item "Formulários" e abrir o formulário com nome de "1_CadastroIgrejas" para inserir todos os dados de sua igreja, bem como os dados das congregações ligadas à ela (se houver).

Abaixo temos a imagem do formulário de cadastro de igrejas.


A formulário mostrado na imagem está vazio. Significa que ele está pronto para receber novos dados. Os campos na cor azul são diferenciados para poderem se distinguir dos campos de textos, indicando ao usuário que eles servem para inserção de imagens, tarefa que será explicada mais adiante.

Depois, caso haja mais de uma igreja cadastrada, os dados de cada igreja aparecerão no formulário e você poderá usar as setas de navegação, da barra de ferramentas do topo do formulário, para navegar entre os registros.

Para começar a inserir os dados, clique com o mouse dentro do campo "Nome da Igreja" e comece a inserir os dados. Para ir para o próximo campo, você pode continuar usando o mouse ou senão pode usar a tecla TAB do teclado.

No Cadastro de Igrejas você deverá digitar as seguintes informações:

Nome da Igreja: este campo possui preenchimento obrigatório. Informe aqui o título denominacional de sua igreja. Se sua igreja possui várias congregações, é recomendável que o primeiro registro seja da igreja sede/matriz e os registros posteriores sejam das congregações. Use um nome curto que identifique com exclusividade cada igreja que está sendo cadastrada. Vamos supor, por exemplo, que você irá cadastrar uma igreja Assembleia de Deus com duas congregações. O primeiro registro, poderia ficar assim: Assembleia de Deus - Sede. Já no segundo registro - o de uma congregação - esse campo poderia ser o nome da igreja e o bairro, por exemplo: Assembleia de Deus - Jardim Primavera. O terceiro registro idem, por exemplo: Assembleia de Deus - Morada do Sol. E assim por diante. Dessa forma você consegue criar três registros com nomes de identificação exclusivos para a igreja e suas filiais. O importante, repetindo, é que esse nome seja o mais conciso o possível.

Setor: selecione o tipo de setor que se refere a igreja cadastrada. Há oito opções que são: Congregação, Igreja Afiliada, Igreja Sede / Matriz, Ponto de Pregação, Sede Regional, Sub Congregação, Sub Sede e Outros.

CNPJ: informe o número do CNPJ da igreja, digitando somente os números.

Endereço: digite o endereço da igreja, evitando usar abreviações.

Número: informe o número do imóvel em que a igreja está estabelecida.

Complemento: use este campo se houver algum complemento ao endereço. Por exemplo: fundos, sobrado, galpão, etc...

Bairro: informe o bairro em que a igreja está localizada.

Cidade: informe a cidade da igreja.

Estado: selecione a sigla do estado.

Cep: informe o Cep correspondente ao endereço da igreja.

Telefone 1: informe o telefone da igreja.

Telefone 2: informe o segundo telefone da igreja, se houver.

E-mail: informe o e-mail da igreja.

Igreja Ativada: esta caixa por padrão aparecerá sempre selecionada. Ela indica que a igreja está ativa e só deve ser desmarcada caso você queira desativar a igreja do cadastro. Aqui cabe uma observação importante: apesar da exclusão de registros ser uma ação possível, o correto é que nenhum registro de igreja deve ser excluído. Quando você exclui um registro, com ele você apaga uma parte da história da igreja. Um dia, esse registro que poderia fornecer informações preciosas do passado da igreja, já não estará mais disponível, por ter sido excluído. Além disso, registros excluídos nunca poderão fazer parte de relatórios estatísticos e você jamais terá dados corretos sobre a expansão da igreja, exatamente pela falta desses dados. Portanto, JAMAIS exclua um registro. Para isso serve o campo "Igreja Ativada", para que possa ser desmarcado assinalando que aquele templo não está mais ativo.


Motivo da Desativação: este campo é um complemento do anterior. Serve para você selecionar dentre os itens disponíveis, qual o motivo que a igreja foi desativada.

Texto dos Cartões de Membro: neste campo você poderá informar um texto padrão que sairá impresso em alguns modelos de cartões de membro e de obreiro.

Foto da igreja, logomarca, cabeçalho de cartas, fichas e cartões: conforme já fora dito, esses campos que aparecem preenchidos na cor azul são para inserção de imagens. A forma de usá-los será explicado mais adiante.



Observação 1: o campo "Código" possui preenchimento automático. Nele será atribuído um número exclusivo a cada registro inserido.

Observação 2: o campo "Nome da Igreja" possui preenchimento obrigatório. Portanto, você não poderá criar um novo registro e deixar esse campo em branco.

Observação 3: Embora o preenchimento dos demais campos do Cadastro de Igrejas não seja obrigatório (com exceção do Nome da Igreja), é altamente recomendável que todos eles sejam informados. O preenchimento de todos os campos garante que haja plena uniformidade nos registros, permitindo a integridade das informações e o uso de filtros com total eficácia. Lembre-se que campos vazios não há o que ser filtrado, já que as informações que deveriam estar ali, estão ausentes.



Salve o Registro

Após terminar de inserir todos os dados da igreja, dê um clique dentro de qualquer outro campo do formulário. Ou senão, pressione a tecla TAB.

O LibreOffice Base salva as informações do registro automaticamente e você não precisa fazer mais nada.

Entretanto, um bom hábito é ficar de olho no botão "Salvar Registro" - localizado na barra de navegação do topo do formulário, cujo ícone você vê na imagem abaixo. Este ícone lhe dá um retorno visual da situação atual do registro no banco de dados.


Cada vez que você editar algum registro do bando de dados, irá perceber que o ícone "Salvar Registro" de aparência opaca, muda de visual ficando nítido e colorido, exatamente igual ao que é mostrado na imagem acima. Este ícone, quando assume esse aspecto com cores, indica que você está inserindo ou alterando dados no registro atual, mas esses dados ainda não foram salvos. Cada vez que você terminar de preencher ou modificar um registro, é altamente recomendável que você clique neste ícone para ter certeza que as informações foram realmente salvas.

Quando você apenas visualiza algum registro, sem alterá-lo, o ícone acima permanece opaco, conforme a imagem abaixo.


Este ícone opaco significa que não há nenhuma inclusão ou alteração no registro e que, portanto, não há nada a ser salvo.

Você poderá ver este ícone funcionando no próximo passo, quando adicionar os membros da igreja.


2º passo: Cadastrando os membros


O formulário de cadastro de membros certamente será um dos mais usados no banco de dados.

Na janela principal do LibreOffice Base, dentro do item "Formulários", abra o formulário com nome de "2_CadastroMembros" para inserir os dados de todos os membros da igreja sede e de cada congregação (se houver).

Abaixo temos a imagem do formulário de cadastro de membros.


Clique no campo "Nome" para começar a inserir os dados do membro. Para ir para o próximo campo, você pode continuar usando o mouse ou senão pode usar a tecla TAB do teclado.

Os seguintes dados deverão ser informados:

Nome: aqui o óbvio - o nome completo do membro da igreja. O campo é de preenchimento obrigatório.

Congregado em: este campo exibe todas as igrejas que foram cadastradas. Nele você deverá indicar em qual igreja o membro se congrega. Este campo também é de preenchimento obrigatório.

Endereço: informe o endereço residencial do membro da igreja.

Número: informe o número do endereço.

Complemento: use este campo se houver algum complemento ao endereço. Por exemplo: fundos, sobrado, galpão, etc...

Bairro: informe o bairro.

Cidade: informe a cidade.

Estado: selecione a sigla do estado.

Cep: informe o Cep correspondente ao endereço do membro.

Email: informe o e-mail do membro.

Telefone: informe o número de telefone fixo.

Celular: informe o número de telefone celular.

Sexo: informe o sexo - masculino ou feminino.

Data de Nascimento: informe a data de nascimento no formato dd/mm/aaaa. Você pode digitar a data diretamente dentro do campo ou selecioná-la no calendário suspenso.

Nº Doc. de Identidade: informe o número do documento de identidade.

Emissor: informe o órgão emissor do documento de identidade.

CPF: informe o número do CPF.

Naturalidade: informe a cidade e o estado que o membro nasceu. Exemplo: Rio de Janeiro/RJ

Nacionalidade: informe o país de origem do membro. Por padrão este campo se mantém preenchido com a nacionalidade "Brasileira", mas você pode alterá-lo, caso necessário.

Nome do Pai: informe o nome do pai.

Nome da Mãe: informe o nome do mãe.

Estado Civil: selecione o estado civil.

Data de Batismo: informe a data de batismo no formato dd/mm/aaaa. Você pode digitar a data diretamente dentro do campo ou selecioná-la no calendário suspenso.

Cargo do Membro: selecione o cargo ministerial do membro.

Membro Ativado: esta caixa quando selecionada indica que o status do membro está ativado no cadastro. A caixa só deve ser desmarcada caso você queira desativar o membro. JAMAIS exclua um registro. Para isso serve o campo "Membro Ativado", para que possa ser desmarcado assinalando que aquele membro não está mais ativo do cadastro.

Motivo da Desativação: complemento do campo anterior. Serve para selecionar o motivo pelo qual o membro foi desativado do cadastro.

Foto: o espaço na cor azul é para inserção de uma foto do membro da igreja. A maneira de usar este campo será explicado mais adiante.



Observação 1: o campo "Código" e "Cód. Igr." (Código da Igreja) possui preenchimento automático. No campo Código é atribuído um número exclusivo a cada registro inserido. Já o "Cód. Igr." mostra o código da igreja selecionada para o local de congregação do membro.

Observação 2: o campo "Nome" possui preenchimento obrigatório. Portanto, você não poderá criar um novo registro e deixar esse campo em branco.

Observação 3: É altamente recomendável que todos os campos de informação do membro da igreja, no Cadastro de Membros, sejam preenchidos.

Observação 4: Não esqueça de SALVAR O REGISTRO.
 


Adicionando um novo Registro

Todas as informações da primeira pessoa que você adicionou formam um registro completo. Agora que você inseriu o registro do primeiro membro da igreja, o banco de dados está pronto para receber o cadastro do próximo membro.

Para adicionar um novo registro, na barra de navegação do topo do formulário, clique no ícone mostrado na imagem abaixo. 



Após clicar neste ícone o formulário se tornará vazio, sem nenhum dado. Não se preocupe. Isso apenas indica que você está num registro totalmente novo, pronto para receber os dados de um novo membro da igreja.


Movendo-se de um registro para outro



Em qualquer formulário, depois que há uma certa quantidade de registros, frequentemente você precisará mover-se entre eles. Você deve usar as setas de navegação da barra no topo do formulário para ir de um registro para outro. Essas setas permitem que você avança ou retroceda entre os registros. Observe na imagem abaixo a função de cada botão.




Economize tempo com os formulários


Ao preencher fichas de papel, é fácil cometer pequenos erros que acabam dando uma baita dor de cabeça mais tarde quando você precisa usar aquelas informações. Pior ainda é quando há fichas desaparecidas, arquivadas fora de ordem e um monte de anotações em papeizinhos espalhados pela mesa.

O Obreiro foi elaborado de forma a organizar tudo isso, permitindo a entrada correta de dados. Seus formulários lhe fornecem muito mais segurança, pois eles ajudam você não só a começar a registrar cada informação, mas também a permanecer com os dados corretos no lugar correto. Como isso funciona é o que vamos ver agora.

3º passo: Cadastrando informações adicionais

Entendendo os formulários com subformulários

Até aqui você aprendeu como cadastrar igrejas e membros. Os formulários que você verá agora servem para cadastrar informações adicionais, tanto das igrejas quanto dos membros. Tais formulários são um pouco mais complexos do que o de Membro e o de Igrejas que você viu até agora. Porém esse "um pouco mais complexos" não quer dizer que sejam "mais difíceis". Continue lendo e você entenderá!

Contribuições dos Membros

O formulário "ContribuicoesdeMembros" por exemplo, contém um subformulário que exibe as contribuições financeiras de cada membro da igreja. Isso significa que você pode olhar as informações de membros de toda a igreja no formulário principal ao mesmo tempo em que olha as informações individuais sobre contribuições no subformulário. Nele você pode inserir quantas informações quiser sobre as contribuições de cada membro da igreja.



Para inserir o registro de uma contribuição, tudo que você precisa fazer é clicar na caixa que antecede o registro do membro ou em qualquer parte do respectivo registro no formulário principal. Depois basta adicionar os dados no subformulário. Veja na imagem abaixo como funciona:


Lembre-se que a cada inclusão ou modificação feita você precisa SALVAR o registro. Caso a barra de navegação com o botão de "Salvar Registro" não esteja aparecendo, vá até o menu "Exibir", depois "Barras de ferramentas" e por último escolha "Navegação de formulário".

Dessa forma ficará disponível a barra de navegação com o botão "Salvar Registro" conforme mostra a figura abaixo.


Além do formulário de Contribuições dos membros, outros sete formulários do banco de dados seguem o mesmo critério de funcionamento:

Carta de Mudança

Abra o formulário "CartaMudanca" para registrar os dados de membros que estão de saída para outras igrejas. Informe no campo "Destinatário" o nome da igreja de destino e marque a caixa "Imprimir Carta". Mais adiante será explicado o procedimento de impressão.


Carta de Recomendação

Abra o formulário "CartaRecomendação" e preencha as informações do subformulário para atender os membros que estão viajando em outras cidades. Não esqueça de marcar a opção "Imprimir Carta" e veja mais adiante o procedimento para impressão.


Informações adicionais dos membros

Abra o formulário "DadosAdicionaisdeMembros" para registrar qualquer informação adicional não contemplada em nenhum outro formulário e que seja considerada relevante a sua anotação.


 Histórico do membro

Abra o formulário "HistoricodeMembros" para informar cursos, atividades realizadas e ações de destaque que mereçam ficar registradas para a posteridade, acerca de cada membro.


Solicitações do membro

Abra o formulário "SolicitacoesdeMembros" para manter um registro de solicitações realizadas pelos membros da igreja.


Histórico da Igreja

Abra o formulário "HistoricodeIgrejas" para registrar dados relevantes que servirão para contar a história da igreja no futuro.




Patrimônio da Igreja

Abra o formulário "PatrimoniodasIgrejas" para criar um inventário completo do patrimônio de todas as congregações. Posteriormente você poderá imprimir etiquetas de identificação para cada item do patrimônio.


Os oito formulários citados acima não servem para o cadastro de novos membros ou igrejas. A função desses formulários é oferecer uma visão geral dos registros de membros ou igrejas já cadastrados e permitir a acréscimo de informações relacionadas a esses membros ou igrejas. Portanto, você só poderá inserir informações no subformulário.

Não se esqueça que você deve sempre selecionar o registro desejado do formulário principal, para o subformulário mostrar os dados relacionados com o registro principal.



Padrão de cores

Talvez você já tenha reparado que as cores de fundo dos formulários do Obreiro não foram escolhidas aleatoriamente. Os formulários obedecem um padrão de cores para facilitar sua identificação.

Dessa forma, as cores aplicadas seguem três convenções distintas:

Nome da cor no LibreOffice Base: Laranja 10
Cor padrão de fundo para todos os formulários relacionados aos membros.

Nome da cor no LibreOffice Base: Ciano 9
Cor padrão de fundo para todos os formulários relacionados às igrejas.

Nome da cor no LibreOffice Base: Cinza 8
Cor padrão de fundo do formulário "ListagemArquivoMorto". Este formulário exibe todos os registros de membros desativados.

Inserindo fotos


Veja como incluir as fotos de cada membro e demais imagens no cadastro de igrejas.

Foto no cadastro de membros

A inclusão de fotos dos membros envolve 5 tarefas:
  1. captura da imagem (câmera fotográfica ou scanner);
  2. recorte da foto (para aparar as laterais e centralizar a foto no rosto);
  3. redimensionamento da foto (para diminuir o tamanho do arquivo);
  4. salvar;
  5. incluir no cadastro.
Aqui, vou considerar que o primeira tarefa - a captura da imagem - já tenha sido feita. Começaremos então a trabalhar diretamente com o arquivo da foto digitalizada.

Começaremos pelo Cadastro de Membros. O rótulo do quadro para inserir a foto traz a dica das dimensões exatas que deverão ser formatadas cada imagem. Usar a medida recomendada no rótulo garante que a foto fique nas proporções ideais para o encaixe no quadro e visualização nos relatórios.

Para fazer o ajuste nas fotos, usaremos o Gimp, que é um excelente programa para edição de imagens.

O primeiro passo é abrir a foto desejada.



Agora você deverá usar a ferramenta de corte (ícone ao lado), para cortar a foto dentro de um quadro proporcional às medidas de 107 x 143 pixels. Neste recurso a foto ainda não está sendo redimensionada. Ela apenas está recebendo um corte já com as proporções exatas para um redimensionamento perfeito, sem sofrer distorções de largura ou altura.

Após acionar a ferramenta, cuide para que o diálogo de encaixe "Opções da Ferramenta" fique configurado conforme a imagem abaixo. Se a janela abaixo não estiver visível, vá no menu "Janelas", depois em "Diálogos de encaixe" e por fim em "Opções de ferramentas".


Agora use o mouse para abrir um quadro ao redor do rosto da pessoa. O quadro aberto irá obedecer exatamente a proporção fornecida nas opções da ferramenta.



Se necessário você pode fazer ajustes no quadro: é possível movê-lo para o lado, para cima ou para baixo. Para isso basta clicar com o mouse sem soltar o botão, no parte interna do quadro e puxá-lo para onde você quiser. Você também poderá usar o mouse em uma das quatro pontas do quadro para aumentá-lo ou diminuí-lo de tamanho.


Estando tudo ok, basta dar um clique no interior do quadro.

Veja o resultado:


Agora basta redimensionar qualquer um dos lados foto. Vá ao menu "Imagem" e depois em "Redimensionar imagem...".

Certifique-se que a correntinha ao lado dos campos de altura e largura esteja fechada, conforme mostra a figura acima. Agora altere o valor da largura para 107 e a altura será automaticamente ajustada para 143. Se aí no seu monitor as configurações da janela estiver conforme mostra a figura acima, basta clicar em "Redimensionar".

Para finalizar, vá ao menu "Arquivo" e depois em "Exportar como...". Localize a pasta "Obreiro1.0". Dentro dela há uma subpasta chamada "Membros". Dê um nome para a foto como por exemplo "nome-do-membro.jpg" (substituindo o nome-do-membro pelo nome real do membro). Agora já temos uma foto de 107 x 143 pixels pronta para ser inserida no formulário de membros.

Toda essa explicação acima pode passar a sensação de que o ajuste de fotos pareça uma tarefa exaustiva e demorada de ser feita. Essa sensação acontece por que cada etapa do processo foi detalhadamente explicado. Depois que você pegar o jeito, verá que é algo bem simples e rápido de se fazer. Todo o procedimento de edição não demorará mais que 10 segundos.

Uma dica é fazer tarefas por etapas. Primeiro capture o máximo possível de fotos. Depois, ao invés de intercalar entre cadastro de membros e ajuste de fotos, divida o trabalho em etapas. Comece cadastrando todas as fichas disponíveis, deixando as fotos para o final. Depois, tire um tempo somente para ajustar as fotos. Abra no Gimp umas 10 fotos de membros para serem ajustadas todas juntas. Configure a ferramenta de corte para a primeira foto e depois vá aplicando o corte foto por foto. Você só precisará ajustar a ferramenta na primeira foto. Depois, nas outras imagens, é só ir cortando, pois a ferramenta manterá sua configuração inicial. Terminado o corte nas 10 fotos, proceda o redimensionar de cada uma delas e por fim salve uma por uma dentro da pasta "Membros", indicando a extensão "jpg" para cada foto. Isso agilizará muito todo o trabalho.

Agora, no formulário de cadastro de membros, basta ir em cada registro onde deverá ser inserida uma foto. Clique com o botão direito do mouse em qualquer parte do quadro azul e depois clique em "Inserir imagem de...".


Agora basta navegar até a pasta "Membros" e localizar o arquivo da foto. Após encontrá-lo, clique no botão "Abrir"


Pronto! A foto foi adicionada ao cadastro!


 

O Obreiro foi concebido para que as fotos não fiquem incorporadas dentro banco de dados, mas sim vinculadas.

A vinculação de imagens traz vários benefícios, servindo principalmente para não sobrecarregar a base de dados. Quando a foto está vinculada, o LibreOffice Base não armazena a foto dentro do banco de dados; em vez disso ele cria um vínculo com o arquivo de origem da foto (a localização da pasta onde a foto está).

Portanto, você nunca deverá excluir nenhum dos arquivos de fotos inseridas nos cadastros. Você também jamais deverá mover a pasta de fotos de seu local de origem. Cuide para que todas as fotos editadas dos membros fiquem sempre armazenadas dentro da pasta "Membros"; e todas as fotos referentes ao cadastro das igrejas fiquem na pasta "Igrejas". Dessa forma, se você quiser mover o banco de dados para outro computador, basta copiar a pasta "Obreiro1.0". Da mesma forma, para fazer um backup de tudo, basta zipar a pasta "Obreiro1.0" e guardar o arquivo num local seguro.



Foto no cadastro de igrejas

A inclusão de imagens no cadastro de igrejas segue uma sequência parecida com o que foi feito no cadastro de membros.

O cadastro de igrejas possui quatro campos para inserção de imagens: foto da igreja, logo, cabeçalho de cartas e fichas e, por último, cabeçalho do cartão de membro.

Foto da igreja

A foto da igreja creio que não necessita de maiores explicações, pois o procedimento a ser usado é idêntico ao que foi feito para a foto do membro, explicado acima. Nesse caso, a diferença para inserir a foto da igreja é que as opções da ferramenta de corte deverão ser ajustadas para a proporção de 1:1 (1 para 1) - o que significa que o corte será um quadrado exato.


Depois a imagem deverá ser redimensionada para 134x134 pixels conforme indica o rótulo do quadro da foto. Por fim a foto deverá ser exportada para a pasta "Igrejas" com extensão jpg e inserida no registro correspondente do cadastro da igreja.

Logo da igreja

A logo da igreja segue uma particularidade. Ela não pode ser simplesmente cortada. Portanto, você deverá ajustar totalmente a imagem da logo para o tamanho adequado.

Abra o arquivo da logo da igreja no Gimp. Aqui escolhi a imagem abaixo para usá-la como exemplo:


Antes de prosseguir, certifique-se que a cor de fundo esteja configurada para "branca". Essa configuração pode ser observada nos dois quadros de cores sobrepostos na barra de ferramentas do Gimp. Na imagem abaixo, por exemplo, temos o azul como cor de frente e o vermelho como cor de fundo - e isso deverá ser corrigido.

Clique no pequeno ícone dos quadrados preto e branco, conforme indica a seta. Nossa intenção é que o resultado fique conforme a imagem abaixo.



Agora, com o plano de fundo definido com a cor branca, já podemos trabalhar no tamanho da imagem da logo. Vá ao menu "Imagem" e depois "Tamanho da tela de pintura..."



Na janela acima observamos que o arquivo possui 1200 pixels de largura por 1600 pixels de altura.

Nosso objetivo é igualar a largura e a altura usando como base a medida que tiver maior tamanho. Portanto, precisamos fazer com que largura e altura fiquem com 1600 pixels, já que é este é o lado de tamanho maior. Na sua logo, você irá usar o mesmo critério, igualando ambos os lados para o tamanho que for maior. Para isso, será preciso abrir a correntinha ao lado dos campos de largura e altura.



Após igualar ambos os lados de altura e largura para o tamanho que for maior (1), clique no botão Centralizar (2) e depois em Mudar tamanho (3).



Veja o resultado até aqui:


Agora, para finalizar, siga os quatro passos:

  1. vá ao menu "Imagem" e depois "Achatar imagem".
  2. volte ao menu "Imagem" e depois "Redimensionar imagem...". Mude os valores de altura e largura para 134 (basta fechar a correntinha).
  3. salve o arquivo dentro da pasta Igrejas (Menu Arquivo, Exportar).
  4. no formulário de cadastro de igrejas, proceda a inclusão da logo no respectivo registro. Clique com o botão direito do mouse no quadro azul da logo e depois clique em "Inserir imagem de...". Navegue até a pasta "Igrejas" e localize o arquivo da foto. Após encontrá-lo, clique no botão "Abrir" e pronto! A logo estará adicionada.

Caso todas as congregações usem a mesma logo, aplique o mesmo arquivo para os demais registros.

Cabeçalho das cartas e fichas

Para o cabeçalho das cartas e fichas, usando o Gimp, vá ao menu "Arquivo" e clique em "Nova..."

Configure o novo documento conforme a janela abaixo.



Com o novo documento criado, pegue a ferramenta "Texto" (ícone ao lado). Clique na área de edição e arraste o cursor do mouse no sentido diagonal para criar um quadro de texto, conforme mostra a imagem abaixo.


Acima do quadro surgira uma pequena janela com algumas opções de configuração. Use-a para ajustar o tamanho da fonte, cor e opções de negrito ou itálico. Caso haja algum texto já digitado, você deverá selecioná-lo para poder aplicar os ajustes.

Depois do texto pronto, você pode usar a ferramenta "Movimento" (ícone ao lado) para posicionar melhor o texto dentro da área de edição. Caso queira fazer algum novo ajuste no texto, acione mais uma vez a ferramenta "Texto" e clique sobre o texto para voltar a editá-lo.

Agora você poderá adicionar outros quadros de texto abaixo do texto atual. Adicione o slogan da igreja, página da web ou qualquer outra informação adicional que achar relevante.


O procedimento é o mesmo. Pegue a ferramenta texto, clique com o mouse e arraste. Escreva os dados adicionais. Você também poderá alterar a fonte e aplicar outros ajustes usando as opções da ferramenta Texto. Repita o processo quantas vezes for necessário, só tomando cuidado para não exagerar na quantidade de dados.

Observe abaixo um exemplo do que pode ser feito.



Estando tudo ok, vá num menu "Imagem" e escolha "Achatar imagem". Salve o arquivo dentro da pasta "Igrejas" e aplique a figura no respectivo cadastro da igreja da mesma forma das demais imagens. Você poderá usar o mesmo arquivo para todas as congregações ou se preferir, poderá personalizar cabeçalhos diferentes para cada congregação.

Cabeçalho dos cartões de membro

Para fazer o cabeçalho do cartão de membro você seguirá as mesmas instruções. A diferença é que, para o cabeçalho, a imagem deverá ter 316 por 82 pixels. Vá ao menu "Arquivo" e clique em "Nova...". Configure o novo documento conforme essas medidas e pronto. É só acrescentar o nome da igreja e algum texto adicional, seguindo as mesmas orientações descritas acima.

Localizando Informações




Você faz perguntas e o LibreOffice Base dá as respostas. Quando você estiver interessado em ver informações dos Presbíteros da igreja, não vai querer ver os dados sobre os membros. Quando estiver interessado em ver os membros da Congregação A, não vai querer ver todos os membros das outras congregações.

É assim que o LibreOffice Base pode trabalhar por você. Enquanto visualiza os dados nos formulários, você pode se focar nas informações nas quais está interessado, sem percorrer dados irrelevantes.

Quando você quiser ver um determinado grupo de registros, tal como os Presbíteros da igreja, você cria um filtro para dizer ao LibreOffice Base em quais registros está interessado. Ao criar um filtro, você dá ao LibreOffice Base um conjunto de critérios, que descrevem os registros que você deseja ver.

Para buscas rápidas, você também pode usar o botão Autofiltro na barra de ferramentas. Também é possível classificar os registros por ordem alfabética ou numérica. Por exemplo, você poderia classificar os membros da igreja por ordem alfabética de bairro. Veremos como tudo isso funciona.



O formulário de Cadastro de Membros provavelmente será o formulário de maior uso. Por isso ele foi desenvolvido dentro de duas formas de exibição: a primeira é como um formulário comum; já a segunda é como uma lista de dados - como uma planilha.

E quais as diferenças? Primeiramente a diferença visual é óbvia. Você pode verificar ambos os modos do formulário membros abrindo "2_CadastroMembros" e depois abrindo "CadastroMembrosLista". Ambos exibem os mesmos registros, mas de formas diferentes.

O formulário "2_CadastroMembros" oferece uma visualização individualizada de cada membro. Você pode navegar entre os registros e verificar informações inerentes a cada um.

Já o formulário "CadastroMembrosLista" lhe dá uma visualização geral dos registros. Nele você vê vários registro de uma só vez. Neste formulário você também pode usá-lo para acrescentar novos membros e editar registros existentes.

A maior vantagem da visualização em forma de uma planilha de dados é a facilidade visual que ele oferece para buscar informações.



Filtrando duas ou mais informações para localizar um grupo de registros

Suponhamos que você esteja planejando criar um encontro de casais e queira que esse encontro seja restrito somente aos membros de uma determinada congregação. Você gostaria de examinar todos os membros que são casados dessa congregação antes de promover o evento, para saber há um grupo suficientemente grande de pessoas que possam participar.

1. Abra o formulário "CadastroMembrosLista"

O formulário se abre exibindo os registros de todos os membros de todas as congregações e a igreja sede.

2. Clique no botão "Filtros Formulários".

Esse botão é ativado na barra de ferramentas "Navegação de formulário". Se ela não estiver aparecendo, vá no menu "Exibir", "Barras de ferramentas" e "Navegação de formulário".


3. Ao acionar o botão "Filtros Formulários", surgirá a janela "Navegador de Filtros", conforme mostra a imagem abaixo. Mas certamente o que irá chamar mais atenção é que o formulário aparecerá totalmente vazio. Calma! As informações não sumiram! Todos os registros dos membros estão guardados direitinho na tabela. É apenas o formulário que mudou temporariamente de função. Antes, sua tarefa era mostrar todos os dados. Agora, sua tarefa será filtrar as informações que você quer ver.


Criar um filtro é simples e rápido. Basta você preencher ou selecionar os campos correspondentes com os dados que deseja ver. No nosso exemplo, queremos ver os crentes da igreja que são casados e que sejam de uma determinada congregação.

Mova a barra de rolagem horizontal até localizar o campo "Estado Civil". Nele, selecione a informação que quer filtrar. No nosso caso, queremos ver todos os crentes cujo estado civil seja "Casado(a)". Basta selecionar a respectiva informação dentro do campo igual mostra a imagem. Após informar o item, aperte a tecla ENTER do teclado.





Agora retorne a barra de rolagem horizontal do formulário lá para o começo e localize o campo "Congregado em". Nele, basta você proceder como fizera anteriormente: basta selecionar o nome da igreja e apertar ENTER no teclado.


Aqui neste exemplo foram usados dois campos onde basta você selecionar a informação que procura. Mas nas suas próprias pesquisas, nem sempre poderá ser assim. Dependendo do campo que você deseja pesquisar, será preciso digitar a informação que pretende buscar dentro dele. Nesse caso, para que o filtro funcione você precisará escrever exatamente igual à forma que está registrado. Por isso é preciso ficar atento para que todos os registros sigam um padrão de escrita, evitando abreviações. Por exemplo, se você quiser encontrar membros que moram num bairro chamado "Jardim Alvorada", não será possível encontrar todos os casos se houver registros escritos "J. Alvorada", "Jd. Alvorada" e "Jardim Alvor.".


A janela "Navegador de Filtros" irá exibir o status de sua pesquisa. No exemplo que estamos usando ela se mostrará assim:




4. Agora basta clicar no botão "Aplicar filtro baseado em formulário".



Pronto! O LibreOffice Base irá filtrar os dados que foram fornecidos e exibir exatamente os registros que coincidam com os critérios que você forneceu.


Removendo o filtro

Para remover o filtro do formulário basta clicar no botão "Redefinir filtro e ordenação" indicado pelo ícone abaixo. O formulário então retornará ao seu estado original, mostrando o conteúdo de todos os registros.




Encontre um registro mesmo que você não saiba quase nada


Usando o mesmo método explicado acima, é possível realizar buscas ainda mais refinadas, mesmo que você não saiba quase nada acerca do que está procurando exatamente.

Vamos supor que vazou tinta de uma caneta sobre um bilhete de telefonema de um membro da igreja. Tudo que você consegue ver é que o seu nome começa com "An".

1. Você irá usar o botão "Filtros Formulários" - a mesma ferramenta explicada acima.

2. Após acionar a ferramenta de filtro, no campo "Nome" digite LIKE 'An*' exatamente conforme indicado pelas letras vermelhas e a seguir aperte ENTER. Isso significa que você está a procura do nome de um membro que começa com "An". O asterisco "*" é um caractere curinga. Ele indica para o LibreOffice Base que você não sabe o restante do nome. Sua busca vai ficar conforme mostra a imagem abaixo:


3. Clique no botão "Aplicar filtro baseado em formulário".

O LibreOffice Base encontrará todos os registros cujos nomes dos membros iniciam-se com "An".


Para remover o filtro do formulário basta clicar no botão "Redefinir filtro e ordenação".


Usando múltiplos critérios de busca dentro de um único tipo de informação


Suponhamos que você pensa em abrir uma nova congregação na região próxima a dois bairros populosos da cidade, chamados de "Liberdade" e "Morada do Sol". Você quer saber quais são os membros da igreja que moram tanto num bairro como no outro.

1. Acione o botão "Filtros Formulários".

2. Após acionar a ferramenta de filtro, no campo "Bairro" digite IN ('Liberdade', 'Morada do Sol') conforme indicado pelas letras vermelhas e a seguir aperte ENTER. Isso significa que você está a procura de todos os registros cujo bairro seja "Liberdade" ou "Morada do Sol". Neste exemplo a busca vai ficar conforme mostra a imagem abaixo:



3. Clique no botão "Aplicar filtro baseado em formulário".

O LibreOffice Base encontrará todos os registros de membros que moram nos bairros da Liberdade ou Morada do Sol.


Para remover o filtro do formulário basta clicar no botão "Redefinir filtro e ordenação".


Fazendo buscas entre intervalo de datas

A igreja está planejando um trabalho especial com membros que estejam dentro de uma faixa de idade.

Para realizar esse tipo de busca iremos usar o campo "Data de Nascimento" onde precisamos indicar a data inicial e data final.

O LibreOffice Base então irá localizar todas as pessoas nascidas no intervalo indicado.

Suponhamos que essa busca seja de todos que nascerem entre 1º de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2007.

1. Acione o botão "Filtros Formulários".

2. Após acionar a ferramenta de filtro, no campo "Data de Nascimento" digite BETWEEN #01/01/1990# AND #31/12/2007# conforme indicado pelas letras vermelhas e a seguir aperte ENTER.

 3. Clique no botão "Aplicar filtro baseado em formulário".

O LibreOffice Base irá filtrar todos os registros cuja data de nascimento correspondam ao intervalo indicado.

Para remover o filtro do formulário basta clicar no botão "Redefinir filtro e ordenação".


Usando o Autofiltro


Para criar um filtro muito simples e rápido, você pode usar o Autofiltro.

Basta selecionar os dados que deseja filtrar e clicar no botão "Autofiltro".


Ao ativar o botão, todos os registros contendo a informação selecionada serão exibidos e todos os outros registros serão ocultos.

Para remover o filtro do formulário basta clicar no botão "Redefinir filtro e ordenação".


Classificando Registros

Pode ser que você queira encontrar algumas informações com facilidade, porém observando todos os registros. sem usar o recurso de filtro. A maneira mais eficiente de fazer isso é classificar os registros pode ordem alfabética. Você clica no cabeçalho do campo ou mesmo dentro do campo do registro que deseja classificar e depois dá um clique no botão de classificação.


O botão "Classificar em ordem crescente" significa que os registros serão classificados de A a Z.


O botão "Classificar em ordem decrescente" significa que os registros serão classificados de Z a A. 


Abaixo você pode verificar  a ação da classificação em ordem crescente aplicada no campo "Nome".


Neste exemplo foi classificado o campo "Nome". Mas é possível usar o recurso em qualquer outro campo, inclusive campos numéricos ou até mesmo campos com datas.

Relatórios


De quantas maneiras diferentes a igreja precisará usar uma determinada informação? O nome de um membro por exemplo, pode aparecer num relatório ou numa etiqueta de endereçamento. O nome de uma congregação pode aparecer num cartão de membro ou numa listagem. Usando os formulários do LibreOffice Base você pode organizar e combinar as informações da igreja como quiser. Agora se o negócio é imprimir qualquer tipo de informação, certamente você encontrará a resposta para isso nos relatórios.

No Obreiro, há dezenas de relatórios criados tanto para que você possa imprimir todas as informações do banco de dados como também informações especificas.


O que é um relatório

Até aqui você usou os formulários para acrescentar informações em seu banco de dados, editar ou encontrar aquelas informações. Agora você deverá usar os relatórios para imprimir informações referentes aos dados que você forneceu. Portanto, a principal função de um relatório é organizar visualmente um conjunto de informações de maneira que elas sejam confortavelmente exibidas no monitor ou enviadas para uma impressora.


Imprimindo Cartões de Membro

O objetivo dos relatórios é fornecer um layout de impressão. Eles levam uma grande vantagem sobre os formulários quando o negócio é levar os dados para o papel. Um exemplo dessa utilidade é a impressão de cartões de membro.

O Obreiro foi concebido de forma a automatizar as tarefas, evitando desperdício de tempo e até mesmo desperdício de papel. É com essa consciência que, para imprimir os cartões de membro, cartões de obreiros, fichas e cartas, foi criado um formulário chamado "Central de Impressão". O objetivo desse formulário é fornecer um controle do que realmente você deseja imprimir.

Para abri-lo, busque "CentraldeImpressao" dentro dos formulários.

Sua funcionalidade é simples. Ele traz o nome de cada membro junto com 4 caixas de seleção: Cartão de Membro, Cartão de Obreiro, Ficha e Carta. Cada uma dessas caixas servem para indicar quais desses itens referentes a cada membro da igreja podem ou não ser impressos.

Itens selecionados estarão liberados para impressão. Itens não selecionados não serão impressos. Dessa forma você pode controlar exatamente o que deseja imprimir.



ATENÇÃO! Infelizmente há um bug na ferramenta de relatório do LibreOffice Base que prejudica a impressão de itens contendo formas desenhadas, como é o caso dos cartões de membro. O bug consiste em que as figuras usadas não são forçadas por uma quebra de página ao chegar no final das margens inferiores do documento. A solução para o momento é que você imprima no máximo 4 cartões de cada vez.

Após indicar os membros cujo cartão deverá ser impresso, basta escolher dentro de relatórios o modelo de cartão de membro ou cartão de obreiro desejados.


Outros relatórios disponíveis

Aniversariantes de janeiro a dezembro: relatórios numerados de 01 a 12 que exibem uma lista com todos os aniversariantes de cada mês.

Carta de Mudança e Carta de Recomendação: imprime modelos de cartas distintas de mudança e recomendação. É necessário que os dados sejam informados nos formulários "CartaMudanca" e "CartaRecomendacao" e a opção de imprimir essas cartas estejam ativada nos respectivos registros desses formulários.

Estatísticas: são seis tipos de relatórios estatísticos - membros desativados, membros por bairro, cargo ministerial, estado civil, igreja e sexo. Use cada um desses relatórios para verificar esses valores estatísticos da igreja.

Financeiros: quatro relatórios financeiros exibem entradas de ofertas e dízimos separados da seguinte forma: por ano, geral, por membro e por mês / ano.

Listagens: mostra uma lista de itens separados em quatro categorias: arquivo morto (membros desativados), contatos, igrejas e patrimônio.

Ficha de membro: este relatório exibe a ficha do membro para impressão. A impressão da ficha do membro deve estar liberada no formulário "CentraldeImpressao".


Itens externos

O Obreiro possui vários documentos dentro da pasta "Documentos" - no arquivo de download, que podem ser usados com a função de mala direta do LibreOffice Writer.

Basta abrir o documento desejado e mandar imprimir. Ao surgir a janela abaixo, responda "Sim".



Ao clicar “Sim”, uma janela se abrirá. Nela você terá várias alternativas para gerar as cartas ou etiquetas adequadamente.

Uma dica é selecionar a opção “Arquivo”, e “Salvar como documento único”.

Ao selecionar a opção “Arquivo” significa que primeiro você quer “imprimir” as etiquetas em um arquivo. Funciona como uma espécie de “salvar”.

Utilizar essa alternativa é bastante útil e particularmente recomendável. Através dessa opção você poderá verificar se as cartas ou etiquetas estão corretas antes de mandar definitivamente para a impressora. Outro detalhe é que você poderá guardar o arquivo com as cartas ou etiquetas totalmente preenchidas, no caso de querer imprimir os dados numa outra hora ou senão deixar tudo já prontinho para outra pessoa apenas abrir o arquivo e mandar imprimir. A partir desse arquivo é que você poderá enviar as cartas ou etiquetas para a impressora.

Se optar por enviar diretamente para a impressora sem querer saber de salvar também pode, é claro. Fica ao seu critério.


Ficha de membro em branco

Outro arquivo muito útil existente na pasta "Documentos" é a ficha de membro em branco. Use este arquivo para imprimir uma quantidade necessária para que cada membro da igreja possa informar seus dados e posteriormente devolver essa ficha para que o cadastro seja feito.


Para maiores informações

Embora este artigo mostre as principais funções e recursos do banco de dados Obreiro, há ainda muitas outras possibilidades oferecidas pelo LibreOffice Base que não foram abordadas. Se fosse detalhar item por item, certamente daria um livro.

Para obter muitas outras informações você pode consultar a ajuda do LibreOffice Base (tecla F1).


Faça o download do Obreiro

Para fazer o download do banco de dados Obreiro, CLIQUE AQUI e procure a versão mais recente disponibilizada aqui no blog.




Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Blog Valeu Cara na sua caixa de entrada?
Informe seu e-mail e clique em Assinar.

Assine o feed RSS Siga o Blog Valeu Cara no Twitter Curta o Blog Valeu Cara no Facebook Blog Valeu Cara no Google+Canal do Blog Valeu Cara no YouTube





Participe deixando seu comentário, dúvida, sugestão, ideias, críticas, exemplos ou o que você quiser na parte de comentários desta postagem. Sua participação é extremamente importante para que este blog esteja sempre melhorando o seu conteúdo.