sexta-feira, 23 de abril de 2010

Gimp: estes pincéis incendiarão as suas fotos!

Esses incríveis pincéis para o Gimp, também conhecidos por brushes, oferecem formas incríveis de chamas. Os brushes são pontas de pincéis com desenhos pré-definidos que facilitam muito a vida de quem usa o Gimp e permitem criar uma gigantesca variedade de efeitos realísticos com apenas um único clique do mouse.
Para instalar é muito fácil e não tem nenhum segredo. Depois de fazer o download do arquivo, descompacte e mova todos os arquivos descompactados para a pasta /home/nome-de-usuario/.gimp-2.6/brushes (considera-se aqui que o Gimp esteja rodando no ambiente Linux). Se preferir, você pode criar uma sub-pasta dentro do diretório "brushes" de forma a identificar cada grupo de pincéis. No meu caso, por exemplo, eu criei dentro de "brushes" a pasta "flames" e adicionei todos os arquivos dentro dessa pasta. Feito isso, ao abrir o Gimp os novos pincéis já deverão aparecer na paleta, prontos para serem usados. Caso os novos pincéis não apareçam de imediato, basta clicar no botão de atualizar, conforme indica a figura.

Note que aqui está sendo informado para colocar os arquivos de pincéis na pasta ".gimp-2.6". Mas eu uso outra versão do Gimp, e agora? Não há problema algum. Se você usa outra versão do Gimp é só abrir a pasta de sua respectiva versão e seguir o mesmo procedimento. Observe que o diretório ".gimp-2.6" é oculto. Para localizá-lo talvez seja necessário selecionar a opção de "Exibir arquivos ocultos", disponível no menu do visualizador de arquivos de sua distribuição Linux.
Agora veja abaixo "a mágica" o que foi realizada numa foto, usando-se o Gimp e alguns desses pincéis. Para dar um pouco mais de realismo a imagens sofreu alguns pequenos ajustes de correção de cor e iluminação. Obviamente, os olhares mais atentos e exigentes logo perceberiam algumas falhas. Porém, meu objetivo aqui não foi trabalhar esmeradamente numa foto para que ela pudesse convencer até o mais cético dos olhares. Para um resultado bem mais realístico seria necessário aplicar vários ajustes e efeitos na imagem. Mas como a intenção aqui é apenas mostrar o que esses pincéis são capazes de fazer, veja que o resultado impressiona!

Abaixo um outro exemplo bastante simples, que também foi usado um pincél de chama e alguns efeitos para aumentar a idéia de "realidade" da presença da chama, o que resultou numa imagem tão perfeita que poderia facilmente passar por uma foto autêntica. Nas duas imagens das velas, a primeira apagada e a segunda acesa, na verdade as duas fotos são as mesmas, sendo que apenas a primeira foto é original e intocada, não recebendo nenhum tipo de tratamento ou edição no Gimp. A vela acesa nada mais é do que uma cópia da primeira foto. Um único clique do mouse foi suficiente para "acender a chama". Os demais detalhes de iluminação do bastão de cera ficaram por conta dos recursos do Gimp. Confiram o resultado:
Gostou? Clique no link abaixo para fazer do dowload desses pincéis quentíssimos: