segunda-feira, 26 de abril de 2010

Brasão de armas do Brasil, vetorizado, em três versões e prontinho para o Inkscape




Não que seja difícil de encontrar, mas o que tem de gente que vive às buscas pela internet do nosso brasão de armas não é brincadeira. Basta uma rápida olhada em fóruns de design para constatar que sempre tem alguém desesperado por esse arquivo! Ocorre que existem milhares deles em sites pela internet, só que em formato de imagem, geralmente com resolução muito baixa, ou seja, ele perde muita qualidade quando redimensionado, deixando os pixels visíveis ou provocando uma visualização desfocada, pouco nítida. Uma busca de imagens no Google pelo nome "Brasão de República" é possível ver que os resultados ultrapassam tranquilamente 70 mil imagens. Ora, se é assim, então por que a dificuldade em encontrar o brasão da república? Entre 70 mil imagens não haveria pelo menos uma com qualidade um pouco melhor? Obviamente que sim, mas...



Quem conhece um pouquinho de técnicas de manipulação de imagens sabe muito bem que uma figura em formato vetorial não perde a qualidade nunca, mesmo que redimensinada a proporções gigantescas ou ainda diminuídas a tamanhos tão pequenos como o pingo do "i". Todas as características da figura permanecem inalteradas independemente do quanto ela for reduzida ou ampliada.

Isso se deve pelo fato das imagens vetoriais serem produzidas no computador através de cálculos matemáticos e não através de pixels. Segundo a definição da Wikipedia, a imagem vetorial é gerada a partir de descrições geométricas de formas, diferente das imagens chamadas mapa de bits, que são geradas a partir de pontos minúsculos diferenciados por suas cores. Uma imagem vetorial normalmente é composta por curvas, elipses, polígonos, texto, entre outros elementos, isto é, utilizam vetores matemáticos para sua descrição. Em um trecho de desenho sólido, de uma cor apenas, um programa vetorial apenas repete o padrão, não tendo que armazenar dados para cada pixel. Os desenhos vetoriais não perdem qualidade ao serem ampliados, já que o processo é realizado através de funções matemáticas, que se adequam-se facilmente à escala.

Taí a razão pela qual encontrar o brasão de armas do Brasil em vetor é uma tarefa bem mais complicada do que achá-lo em jpeg, igual a uma foto. Bom, pode ser complicado, mas não impossível. Com um pouco de perseverança existem vários sites que disponibilizam esse arquivo. Mesmo assim, o desafio maior é encontrar os três modelos que estão aqui no nosso Blog.

Agora, para quem não lembra mais das antigas aulas do ensino fundamental, é sempre bom recordar, afinal o Blog Valeu Cara também é educação e cultura. Conforme é muito bem explicado na Wikipedia, as armas nacionais são um dos quatro símbolos oficiais da República Federativa do Brasil, conforme estabelece o art. 13, § 1.º, da Constituição do Brasil. Os outros símbolos da República são a bandeira nacional, o hino nacional e o selo nacional. O Brasão de Armas do Brasil foi desenhado pelo engenheiro Artur Zauer sob encomenda própria do Presidente Manuel Deodoro da Fonseca.

Segundo a Lei 5.700, de 1.º de setembro de 1971, as armas nacionais são as instituídas pelo decreto 4, de 19 de novembro de 1889, com a alteração feita pela lei 5.443, de 28 de maio de 1968 e pela Lei 8.421, de 11 de Maio de 1992. As armas nacionais, ou brasão nacional, compõe também a Faixa Presidencial, na parte frontal da mesma.

Descrição Heráldica

Ainda segundo a lei 5.700, alterada pela lei 8.421, de 11 de maio de 1992, a feitura das armas nacionais deve obedecer à proporção de quinze de altura por quatorze de largura, e atender às seguintes disposições:

I - o escudo redondo será constituído em campo azul-celeste, contendo cinco estrelas de prata, dispostas na forma da constelação do Cruzeiro do Sul, com a bordadura do campo perfilada de ouro, carregada de estrelas de prata em número igual ao das estrelas existentes na bandeira nacional;
II - o escudo ficará pousado numa estrela partida e gironada, de dez peças de sinopla e ouro, bordada de duas tiras, a interior de goles e a exterior de ouro;
III - o todo brocante sobre uma espada, em pala, empunhada de ouro, guardas de blau, salvo a parte do centro, que é de goles e contendo uma estrela de prata, figurará sobre uma coroa formada de um ramo de café frutificado, à destra, e de outro de fumo florido, à sinistra, ambos da própria cor, atados de blau, ficando o conjunto sobre um resplendor de ouro, cujos contornos formam uma estrela de vinte pontas;
IV - em listel de blau, brocante sobre os punhos da espada, inscrever-se-á, em ouro, a legenda República Federativa do Brasil, no centro, e ainda as expressões 15 de novembro, na extremidade destra, e as expressões de 1889, na sinistra.

Uso do brasão

É obrigatório o uso das armas nacionais, segundo o artigo 26 da lei 5.700/71, com a redação dada pela lei 8.421/92:

* no palácio da Presidência da República e na residência do presidente da República;
* nos edifícios-sede dos ministérios;
* nas casas do Congresso Nacional;
* no Supremo Tribunal Federal, nos tribunais superiores e nos tribunais federais de recursos;
* nas prefeituras e câmaras municipais;
* na frontaria dos edifícios das repartições públicas federais;
* nos quartéis das forças federais de terra, mar e ar e das polícias militares e corpos de bombeiros militares, nos seus armamentos, bem como nas fortalezas e nos navios de guerra;
* na frontaria ou no salão principal das escolas públicas;
* nos papéis de expediente, nos convites e nas publicações oficiais de nível federal.

Segundo o decreto n.º 80.739, de 14 de novembro de 1977, o uso do brasão das armas nacionais em documentos deve ser em preto-e-branco: "Artigo 5.º - O timbre dos demais papéis de expediente e envelopes terá as Armas Nacionais e os dizeres 'Serviço Público Federal', impressos em preto".

Bom, se você precisa do brasão de armas da república, seja para trabalhos escolares, seja para um trabalho profissional, aí está o download para o arquivo em três versões que são um espetáculo, tanto em qualidade (e fidelidade) visual, quanto em acabamento: colorido - que todos já conhecem, e dois que são mais raros: preto e branco; e ainda, preto e branco invertido.

Os três arquivos são vetorizados e em SVG, ou seja, o formato nativo do Inkscape. Bom proveito!

Atualização
15/04/2017 - Foi substituído o brasão colorido, com as cores corrigidas 


Clique aqui para baixar